Quais são as Fontes do Avanço Científico?

Adaptação: Como sua empresa vai morrer em 10 anospor Sodré GB Neto



Albert Einstein (1879-1955), escreveu no seu livro Sobre Religião Cósmica e Outras Opiniões e Aforismos:

“Eu acredito na intuição e na inspiração. A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado, enquanto a imaginação abraça o mundo inteiro, estimulando o progresso, dando à luz a evolução. Ela é, rigorosamente falando, um fator real na pesquisa científica”.

Uma vez fui levar algumas amostras de vários laboratórios de síntese ao laboratório Thomson   de espectrometria de massas de testes de controle de qualidade,  para testar semelhanças entre produtos importados, pois se julgava que seriam as mesmas eram a mesma substância. O teste a princípio precisava de pressupostos para definir parâmetros e dependia de pesquisas anteriores, ou seja, o equipamento deveria identificar um alvo apontado,  com  valores pre-determinados, preconcebidos, e pré-direcionados para aquele alvo. É como se quando você já tem os cálculos, ou hipóteses, de posicionamento de uma estrela ou planeta, ou asteroide, no vasto céu, e já ajusta o telescópio de antemão para olhar exatamente aquele ponto. O que quero dizer com isso, que muitas vezes a pesquisa caminha em cima de achados dos outros, de informações, de hipóteses científicas ou sabedorias e práticas populares, para tentar  achar ou não  exatamente aquilo que alguém deduziu, pesquisou ou até mesmo  recebeu de um sonho, uma revelação, ou um insigth qualquer. Por falar em revelação, veja o que tenho a dizer sobre DNA e uma descoberta.

Faz muitos anos, ganhei um debate sobre genética em público,  sem saber o que era DNA (Na época eu nem fazia ideia do que seria DNA, RNA, aminoácidos, proteínas, etc). Um ateu darwinista muito entendedor de DNA,  para minha surpresa, depois de me desafiar por uns 30 dias com uma questão, na sala de bate-papo uol com umas 30 pessoas assistindo minha  humilhação pública , admitiu publicamente ter perdido o debate sobre DNA de gorila e humano.

Ele me falou de um trecho de defeito viral, que era em local comum no DNA humano e do Gorila, querendo “provar” com isso, que éramos parentes no passado. (o mesmo vírus atrapalhou um pedacinho do DNA no mesmo local) . Como na época não sabia ciência, nem conhecia diversos cientistas que talvez  me ajudariam, meu único recurso foi orar a Deus. Dizem que se você for humilde, sincero e com motivos de amor ao próximo, e ficar orando por um tempo em oração, costuma vir pensamentos em você que é a própria palavra de Deus.  Neste entendimento acreditei que o próprio  Deus me mandou perguntá-lo se aquele defeito ocorria aleatoriamente,  ou o local costumava dar muito defeito mesmo (Nem eu entendi direito o que estava perguntando e me lembro que eu perguntava mas para mim era perguntas nebulosas), foi então que eu descobri que era Deus mesmo pois ele então respondeu que havia ganhado o debate,  pois era um local que sempre dava defeitos e portanto, não era prova alguma de ascendência comum. (Depois entendi que virus conhecidos (retrovirus) o vírus tem afinidade pelos mesmos locais , logo vão coincidir defeitos nos mesmos locais). https://www.youtube.com/watch?v=e3gkkDJSKgM&t=231s .

James Tour é considerado um dos maiores cientistas da atualidade , o seu índice fator h , que mede a relevância de um cientista e quantas vezes tem sido citado nos dois últimos anos,  aparece como 131, um dos mais altos do mundo. Ele não só relata a inspiração e sua vida de oração junto a prática científica, como ora nos congressos:
James tour

James tour orando

 

Uma das citações resume bastante o problema quando o Dr. Yonatan Fishman assim resumiu:

“Vários cientistas, filósofos e instituições científicas proeminentes argumentaram que a ciência não pode testar visões de mundo sobrenaturais com o argumento de que (1) a ciência pressupõe uma visão de mundo naturalista (Naturalismo) ou que (2) afirmações envolvendo fenômenos sobrenaturais estão inerentemente além do escopo da investigação científica. O presente artigo argumenta que essas suposições são questionáveis ​​e que, de fato, a ciência pode testar alegações sobrenaturais. Embora as evidências científicas possam finalmente apoiar uma visão de mundo naturalista, a ciência não pressupõe o Naturalismo como um compromisso a priori, e reivindicações sobrenaturais são passíveis de avaliação científica.  Esta conclusão desafia a lógica por trás de uma recente decisão judicial nos Estados Unidos sobre o ensino de “Design Inteligente” nas escolas públicas como alternativa à evolução e as declarações oficiais de duas grandes instituições científicas que exercem uma influência substancial sobre as políticas educacionais em ciências no país. Estados Unidos. Dado que a ciência tem implicações relativas à verdade provável das visões de mundo sobrenaturais, as alegações não devem ser excluídas a priori da educação científica, simplesmente porque elas podem ser caracterizadas como sobrenaturais, paranormais ou religiosas. Em vez disso, as alegações devem ser excluídas do ensino de ciências quando as evidências não as sustentam, independentemente de serem designadas como ‘naturais’ ou ‘sobrenaturais’[3] .

 

Conclusão

Muitas descobertas são atribuídas a Deus como testemunha um dos maiores cientistas da atualidade : James Tour , fator índice scopus 131, um dos mais altos do mundo que mede a relevância atual de cientistas e quantas vezes são citados. James Tour  chega a fazer orações em congressos científicos, e se ele fosse um caso isolado, mas desde os pais da ciência moderna que temos milhares de testemunhos de inspirações para o avanço científico.  Portanto, entendemos que  pressupostos podem vir de qualquer fonte , inclusive revelacional, e isso não invalida a pesquisa, até porque o que deve reger a ciência são os dados , testes e metodologia de verificação,  e não preconceito algum.

 

Referências

Can Science Test Supernatural Worldviews?
https://www.scopus.com/authid/detail.uri?authorId=7005402492

Momento no congresso científico que um dos maiores cientistas da atualidade (h=131) Dr. James M. Tour,  se ajoelha e ora

Lista de mais de 1000 Cientistas do Design Inteligente
https://www.discovery.org/m/2020/04/Scientific-Dissent-from-Darwinism-List-04072020.pdf

Lista de 300 publicações cientificas criacionistas e do DI
https://sodregoncalves.no.comunidades.net/acervo-de-artigos-com-peer-review-criacionistas

 

 


Sodré Neto
Sobre Sodré Neto 23 Artigos
Sodré GB Neto Lattes: http://lattes.cnpq.br/2777670829319806 Orcid: https://orcid.org/0000-0002-8867-5429

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*