Editores


[Favor não editar]


 

Sumário

  1. Texto
  2. Imagem
  3. Citações
  4. Referências
  5. Avançado
  6. Links internos
  7. Links Especiais

 

Esta é uma página modelo. Ela pode conter essa linha acima para separar os detalhes de título e dados do conteúdo opcionalmente.

O ideal é que esta página esteja aberta em outras duas guias, uma com o código e outra com a visualização do resultado do código para servir de orientação durante a construção textual. Toda postagem deve incluir a tag “Leia mais” seguindo todas as outras já publicadas. Para isso entre no modo Texto e digite <!– more –> entre um ou dois parágrafos(conforme tamanho) e o restante do texto. Mais informações estão em comentários do modo de edição Texto não visíveis no modo Visual.

Observação: as recomendações acima se baseavam na estrutura de outro tema. Ainda se aplica neste tema, mas neste o resumo é extraído automaticamente.


1. Texto [Links internos] [Sumário]

Observe que esse texto assim como os outros são “justificados”, isso é, eles são alinhados nos dois lados. Esse é um requisito não utilizado na maioria dos blogs e redes sociais mas amplamente empregado na produção literária. Não é recomendado tingir os textos com várias cores ou utilizar negrito em excesso uma vez que será utilizado em subtítulos das seções do texto. O uso de letras garrafais, ou seja, CAPS LOCK também é desincentivado . O excesso também compromete o aspecto estético e transparece uma ânsia de demonstrar a ideia mais por uma reatividade emocional do que pela razão.

2. Imagem [Links internos] [Sumário]

Com as seguintes especificações:

1) Ser carregada já na resolução em que será usada.
Obs: Preferencialmente menor que 580×480(dimensão do conteúdo).

2) Nome curto e sem espaços.
Ex: trextissuecells.jpg ou trex_tissue_cells.jpg
Obs: Quanto menor o nome, mais prático.

3. Citação [Links internos] [Sumário]

As citações, até o momento,  podem ser feitas usando a opção Pré-formatado, disponível selecionando o texto e alterando o modo onde consta Parágrafo.

Exemplo

Deve se formatar e justificar antes de se aplicar o Pré-formatado. A cor atualmente utilizada é a mais forte dos tons de cinza na extrema direita da paleta.

Observação: infelizmente o editor do WordPress padrão foi simplificado e perdeu a justificação, então cada parágrafo deve ser posto manualmente entre as tags <p style=”text-align: justify;”> e <!\p>.

4. Referências [Links internos] [Sumário]

As referências, assim como os outros itens citados aqui, podem ser alterados. Podemos ainda discutir formatos melhores. O interessante é saber que independente o padrão adotado se leve em consideração que todas as publicações passadas não serão atualizadas automaticamente.

Pensava em colocar links internos da página para referências, ir e voltar ao ponto de leitura. Penso que isso seria trabalhoso demais, porém para obras de maior importância isso pode ser interessante.

Links internos em caso de textos com sumário para a seção do texto também deve ser planejadas e  implementadas em breve.

Abaixo de uma linha horizontal, Referências e os links com o título em negrito e o restante, autor e nome apenas finalizados com ponto. Abaixo o link configurado para abrir em nova aba.


Referências:

[1] Réplica ingênua, desatualizada e pífia. Enézio E. de Almeida . 2014.
http://observatoriodaimprensa.com.br/mosaico/_ed841_replica_ingenua_desatualizada_e_pifia/

[2] Diálogo. Marcus Valério XR e Dra Márcia Oliveira de Paula. 2001.
http://www.evo.bio.br/layout/drmarcia3.html

[3] O “design” ontológico. Hélio Schwartsman. 12/04/2001
http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/helioschwartsman/ult510u356318.shtml

5. Avançado [Links internos] [Sumário]


Os administradores podem alterar as estruturas e tema do site. A codificação em CSS do arquivo é cheia de sobreposições e emaranhados, então é bom marcar com /* comentários */ as alterações em valores e código. O PHP está ativado na forma de escrita HTML, isso permite páginas dinâmicas com requisições XMLHttpRequest, por essa razão poderei trazer alguns artigos do meu blog que dependiam de uma plataforma como essa.


6. Links internos (funcionam por A → B) [Sumário]

A – Âncora

<a name=”seçãodotexto”></a> ou coloque id=”seçãodotexto” dentro da tag do subtítulo que inicia a seção, ex: <h3 id=”ref”>Referências</h3>

É a parte invisível. Deve ser colocada um pouco acima do local de destino no modo de edição por html . É único.

B – O link propriamente dito

<a href=”#seçãodotexto”>Seção do texto</a>

Pode ficar em qualquer lugar, sumário, referências e também pode ser utilizado várias vezes como usei no Links internos, para voltar aqui, ou seja, tanto no sumário quanto nas referências.

É possível fazer, com algum trabalho, links de ida e volta texto-referências-texto utilizando link-âncora-link, é o que eu fiz com o caso Links internos para voltar nesta região da página gerada.

[a] Ir para a seção Texto
[b] Ir para a seção Imagem
[c] Ir para a seção Citações

7. Links Especiais [Links internos] [Sumário]

Ex: Academia de Filosofia

Os links especiais possuem duas características: cor diferente e não são sublinhados. Essa diferença é pela inserção de um style=”color: #666699;text-decoration:none” (onde a cor pode variar) na tag do link. Você pode ver como o código fica alternando para o modo texto.

Essencial sobre links: Marcar o box Abrir link em uma nova janela/aba

[Sumário]