Diferenças entre Evolucionismo, Criacionismo e Design Inteligente

Diferenças Entre Evolucionismo, Criacionismo e Design Inteligente
Diferenças entre Evolucionismo, Criacionismo e Design Inteligente / Imagens: VisualHunt

Por Júnior Eskelsen

Frequentemente as pessoas perguntam: “mas qual a diferença entre Criacionismo e Design Inteligente?” As diferenças são substanciais, especialmente por compromissos que perspectivas criacionistas geram com campos como a Geologia. Esta página estará aberta a comentários e será atualizada com mais pontos da contribuição dos visitantes do Portal TDI+.

Heterogeneidade entre Concepção e Teorias

Em primeiro lugar, o Design Inteligente é uma teoria, Evolucionismo e Criacionismo são concepções (“modelos”) que permeiam interpretação da natureza. Podemos dizer que são verdadeiras cosmogonias, tentativas de explicar todas as coisas. Por essa razão são inadequadas as tentativas de comensurar Design Inteligente e Criacionismo.

Diferenças: (apenas tópicos específicos)

Enquanto o Design Inteligente é uma teoria específica, Evolucionismo e Criacionismo produzem muitas teorias sobre vários aspectos da natureza. Para afunilar os três conceitos, a comparação se dará em tópicos mais comuns em debates e teorias relacionadas. Assim, os tópicos serão sobre: as formas de vida e o ambiente terrestre que se relaciona com elas.

Definições

Evolucionismo: Não existe uma definição para “evolucionismo”. O conceito é considerado sem sentido entre os que são chamados “evolucionistas”, porque eles não percebem qualquer compromisso metafísico. Podemos tomar ideia evolucionista como a de “mudanças sucessivas, graduais e com certa uniformidade (regularidade)” para explicar as características observadas na natureza.

Existem várias versões de criacionismo, mas aqui tomaremos a dominante no Brasil.

Criacionismo: é uma estrutura (modelo conceitual) que adota para o estudo da natureza a possibilidade da existência de um criador. A vida teria sido criada inicialmente complexa, completa e funcional, em tipos básicos de seres vivos dotados do aporte necessário para sofrer diversificação limitada ao longo do tempo. Existem três principais ramificações distintas dentro do criacionismo: a religiosa, a bíblica e a científica.

Design Inteligente: a definição oficial diz “certas características do universo e dos seres vivos são melhor explicadas por uma causa inteligente, e não por um processo não direcionado”. São os padrões de design (melhores explicados por inteligência).

Abrangência (campos)
Concepção e Teorias
Padrões independentes
Diferenças: Vida e Ambiente Terrestre
Tópico Evolucionismo Criacionismo Design Inteligente (teoria)
Estratigrafia (camadas de rochas) Uniformitarismo: sedimentação por longos períodos (cedendo ao neocatastrofismo recentemente). Catastrofismo: sedimentação rápida (local ou global, conforme camada). Indiferente.
Tafonomia Fossilização em condições peculiares, por isso registro fóssil incompleto. Sepultamento súbito das faunas e floras, fossilização com repetição nas camadas e através delas (estase morfológico). Indiferente.
Biologia (teoria) Síntese evolutiva moderna (Neodarwinismo). Biologia dos tipos básicos (Baramins) e Entropia Genética. Independente¹ ou Ortogênica (ancestralidade, restrita ou universal, guiada)².
Sistema Natural Ancestralidade Universal Comum. Descontinuidade Sistemática. Heterogêneo (Descrito recentemente por uma hipótese de gráfico de dependência).
Arqueologia Evolução humana. Desenvolvimento humano. Indiferente.
Paleontologia Princípio de Sucessão Faunístico por ordem cronológica evolutiva. Princípio de separação e estratificação de fósseis e materiais sedimentares.³ Se importa com o aspecto de infusão abrupta de grandes quantidades de informação, independente da ordem.
Origem da Vida Terrestre Indiferente. Um evento singular. Indiferente.
Idade da Vida Terrestre Aproximadamente 3,8 bilhões de anos.⁴ Não mais que dezenas de milhares de anos. Indiferente.
Informação Biológica Acidental. Intencional. Intencional.
Traço peculiar Diversificação das formas de vida indefinidamente. Deus como causa principal. Distinção dos padrões de design.
¹ Algumas formas de vidas instanciadas na biosfera.
² Apesar desse “direcionamento”, uma tendência forte à “desevolução” foi encontrada na busca pelos “limites da evolução” (converge com a Entropia Genética criacionista). [1][2]
³ Princípio de separação e estratificação automática (Berthaut) de fósseis e materiais sedimentares erodidos e transportados em catástrofe associado a flutuabilidade diferenciada de corpos (Brand), ambiente geográfico, mobilidade e capacidade de sobrevivência. (Contribuição: Sodré Neto)
⁴ Sem maior certeza, 4.1 bilhões de anos. [3]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


Em breve atualização do Curso de Teologia Natural & Design Inteligente (TN&DI)(Mais informações)
+